Ao ler esse texto você terá dicas essenciais na hora de construir um imóvel

Quando se está adquirindo um terreno para poder então construir sua tão sonhada casa é preciso tomar algumas precauções e evitar tomar atitudes por impulso para evitar futuros arrependimentos e até mesmo prejuízos, uma dica é antes de iniciar qualquer etapa desse projeto é procurar um profissional qualificado antes de fechar qualquer negócio. Como por exemplo um corretor de sua confiança n ajuda da escolha do terreno, um arquiteto ou um engenheiro que seja de confiança e possa atender suas necessidades.

Existem algumas técnicas e particularidades que vão determinar o custo da obra ou até mesmo sua inviabilidade pela escolha do terreno. Muitas vezes o cliente tem uma ideia de projeto que acaba sendo inviável pelo orçamento disponível e uma escolha sem critérios pode causar impactos na realização deste sonho pois se ele pensava o projeto parecido com as casas e por escolhas erradas ele não poder ser executado um projeto parecido de acordo com as expectativas do cliente a ideia de morar na casa que está projetada em seus sonhos pode ir por água abaixo. O que nos leva outro item que também é muito importante antes de comprar um terreno verifique as condições físicas, procure verificar se não existem pontos de água parada, ou se houve um grande aterro, caso exista pontos de água parada será necessário um gasto com a drenagem do terreno e a sua impermeabilização, já caso o terreno tenha sofrido um grande aterramento será preciso fundações mais profundas que podem ser bem mais caras.

Geralmente as obras realizadas em terrenos à venda são uma ótima fonte de informação analise-as como elas foram feitas se existem paredes trincadas. Se houverem trincas existe grande possibilidade que o solo do terreno seja instável, o que irá resultar em maiores gastos para uma produção mais adequada.

Agora que já sabemos os fatores importantes a serem levados em conta antes de finalizar a compra do terreno é a hora de partimos para a contratação de um arquiteto ele irá adequar um programa para a obra ao orçamento disponível.

Qual o melhor arquiteto?

É muito comum pensarmos que a função do arquiteto está somente relacionada a estética do projeto, porém estamos muito enganados pois além de cuidar de toda a parte estética do projeto é o arquiteto que irá ser um mediador de todo conjunto arquitetônico facilitando todo o processo de construção da obra indo muito além do projeto em si ele será uma peça chave para o grande projeto de construção de sua casa.

Entretanto, antes de sair contratando o arquiteto é importante saber que como em toda área do mercado existem bons profissionais e outros que acabam deixando a desejar. Então é preciso que tome alguns cuidados na hora de realizar a contratação separamos algumas medias que irão auxiliá-lo no processo de escolha.

  1. Busque referencias de trabalhos realizados anteriormente como alguns imóveis à venda. Pedir indicações de conhecidos também é um ótimo recurso pois assim você consegue ter uma proporção muito maios do trabalho de determinado arquiteto;
  1. Procure ter uma ideia de todos o serviços que serão prestados, pois para executar uma obra é necessário alguns documentos obrigatórios fornecidos pelo cliente que serão levados a prefeitura para serem aprovados, e também se será preciso a realização de projetos complementares, alguns arquitetos sempre indicam quem possa realizá-los não só a aprovação mais a realização de toda obra em si;
  1. Mantenha sempre um dialogo aberto com o arquiteto, não se deve omitir nenhuma informação;
  1. É muito importante que se participe de todas a etapas da realização do projeto de obra, de suas sugestões opine sempre que for necessário pois é muito mais fácil fazer uma alteração nessas primeiras etapas do que uma alteração depois que tudo estiver praticamente pronto.

A contratação de um arquiteto trará muitos benéficos a obra, mais é sempre bom lembrar que o valor cobrado pelo serviço pode ser um pouco alto, mais no final vale a pena pois uma obra bem planejada e executada da melhor forma possível dificilmente irá lhe causar problemas futuros.

Além do arquiteto preciso de outro profissional?

O arquiteto além de ser o responsável pelo projeto, ele também pode ser o responsável pela execução da obra ficando com a responsabilidade de cumprir todas as exigências legais, como se garantir o perfeito funcionamento de todas as instalações, e pela solidez da construção durante um período de 5 cinco anos que é determinado pelo código civil. Por isso o profissional mais indicado para executar a sua obra é o próprio autor do projeto pois ele o conhece minuciosamente.

Quais taxas devo pagar?

Antes de iniciar os projetos existem algumas duvidas frequentes, e quais taxas e documentos são necessários para se dar início a obra são um dos maiores questionamentos futuros proprietários do imóvel, para facilitar o processo e dar logo início ao projeto separamos as taxas que precisam ser pagas, contudo preste muita atenção nas taxas do seu município pois elas podem mudar de acordo com alguns lugares mais as que encontramos com frequência são:

  • Taxa de alinhamento e informações urbanísticas;
  • Taxa de aprovação do projeto ;
  • Taxa de alvará de construção.

Inicialmente essas são as taxas que serão cobradas mais fique atento pois existe uma taxa chamada RTT (registro de Responsabilidade Técnica) que ficara sob a responsabilidade do arquiteto.

Mão de obra

Um pouco antes de pensar na mão de obra é preciso se atentar a qualidade dos materiais que serão utilizados na construção do projeto, por isso busque em várias lojas faça vários orçamentos e certifique-se que está levando produtos que atendam as necessidades do projeto, pois não adianta investir em um arquiteto e em uma boa mão de obra com matérias que deixam a desejar.

Pensando na mão de obra é muito comum se contratar por empreitada, ou seja, um valor que se é estabelecido por um determinado lote de serviços. Mas existem as possibilidades de se contratar por dia ou por um preço unitário é necessário que o proprietário e o arquiteto supervisionem a obra pois em alguns casos ela pode fugir do controle.

Após a obra terminada é necessário dar início ao processo de regularização junto aos órgãos públicos o INSS a prefeitura de seu município e ao Cartório de Registro de imóveis além destes documentos é preciso que o arquiteto solicite o habita-se este pedido definirá o custo do imóvel por metro quadrado.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe esse texto com seus amigos e os ajude a refletir sobre as possibilidades de construir um imóvel.